Arquivo

Archive for março \16\UTC 2010

segunda, 15 de março

O celular desperta, eu o coloco na soneca. 15 minutos depois, ele desperta novamente e eu o coloco para mais 2 horas de soneca. Isso eu chamo de inaptidão para viver. Ou simplesmente, fadiga crônica.

Lá pelas 2 da tarde eu acordo, pego o celular, confiro uns tweets, vejo um capítulo da novela, vejo uns e-mails, uns feeds e um filme da Lindsay Lohan.

(WAIT, WHAT?)

Não me vejo acordando e ligando a TV a muito tempo. TV ultimamente rola uma vez por semana, quando vou a casa da minha namorada ou quando saio do computador mais cedo (eu digo, antes das 6 da manhã) e vou tentar dormir.

Tomei meu banho usual, com o shampoo usual, a pasta de dente usual. A jeans usual e o tênis usual. Usualmente conferi minha mochila para verificar se o usual estava lá: celular, cabo, óculos, blusa, bilhetes, carteira, enfim.

No meu dia usual, eu saio com uma camiseta de banda. Costumo usar visus extremos no meu dia-a-dia. A escolhida foi uma do Immortal – Demons of Metal. Vermelha, com Abbath, Demonaz e Armagedda em um trono com um pentagrama invertido. É, eu sei: clichê.

Saí de casa para ir a faculdade. Subo no ônibus. Ao sentar-me, um senhor muito bem-vestido, visualmente “crente” me encara e de boca torta, expele:

– Cultuando o demônio, esse não vai pro céu.

Retruco:

– Incrível. Dia 15 de março é o dia do Juízo Final e alguém que acredita ser Deus está neste ônibus.

Um silêncio letal toma o ônibus.

É, adoro ver crente puto porque se vê errado dentro do que acredita ser errado. O velho “não julgais para não ser julgado” foi eficiente calador de boca nesse evento sórdido.

Categorias:Divagações, Pessoais

The 2012 Filter

Esse post é pesado. Trata-se de uma revelação sobre quais pessoas (ou grupos de pessoas)  não sobreviverão a 2012. Aos que pertencerem a essa lista, por favor, não percam as esperanças. Ainda dá tempo de mudar! Ou não.

É basicamente uma lista de uma parte do que eu vi de errado na minha vida e que me deixou puto. Com certeza pelo menos 1/4 dessa lista já aconteceu com você e te deixou puto também

  1. Vizinhos de casas geminadas com crianças escandalosas e/ou cantoras evangélicas desafinadas;
  2. Suburbanos no ápice da falta de bom senso, fazendo questão de ouvir funk em alto e bom som nos seus MP11s, durante uma viagem de ônibus, metrô ou qualquer outra forma de transporte coletivo;
  3. Idem ao item acima, mas com um MP27 que tem TV. Sintonizado na Globo, no horário da novela ou do BBB;
  4. Espectadores do BBB;
  5. Pseudo-homens. Qualquer um que se ache homem por deixar o rosto de uma mulher roxo;
  6. Vizinhos com home theater que assistem a infomerciais em volume alto;
  7. Estudantes ou qualquer outro tipo de pessoa que tente atravessar um ônibus lotado com a mochila nas costas;
  8. Pessoas que seguram a porta do metrô lotado de pessoas que querem chegar em casa o quanto antes;
  9. Pessoas que ficam na porta do metrô, sem notar que alguém atrás dela precisa sair;
  10. Mulheres que insistem em andar de salto em calçadas com piso trincado e lotadas de gente. Na sua frente;
  11. Pessoas que insistem em andar em grupos, estilo “brigada hooligan”, em calçadas estreitas e lotadas de gente. Na sua frente;
  12. Gente que fica do lado esquerdo da escada rolante;
  13. Motoristas que não dão a seta ao entrarem na rua que você está a ponto de atravessar; Eles acham que o carro veio antes do Homem;
  14. Estudantes de Turismo que começam um curso de Sistemas sem nem saber como acessar uma diretório na rede;
  15. Motoristas de ônibus lerdos e falantes. Ou falantes e por causa disso, lerdos na condução.
  16. Vizinhos que as 11 da manhã tocam as mesmas 3 músicas iguais da banda Dejavú no som do carro. Muito alto.
  17. Twitteiros que fazem uso abusivo de Fun140, conectam com o Formspring.me e twittam toda maldita pergunta que respondem. Horóscopo e qualquer coisa relacionada a Now Playing também está incluído;
  18. Aqueles já entraram no batepapo UOL com um nick ao estilo “Power Guido”, “Gato 18cm (mole)” ou “Surfista Tesudo”; Vale também pra quem tem um endereço de e-mail assim;
  19. Seguidores do Gentili no Twitter;
  20. Gente feia, burra e lerda; (eu sou feio, mas falo de gente feia, burra E lerda); Plus gente chata;
  21. Addicted cosplayers, Medieval Addicted; Senhor dos Anéis addicteds também;
  22. Addicted Emos. Não importa se você é ou já foi. A mácula do mau gosto, falta de bom senso e do pensamento próprio permanecerá eternamente.
  23. Operadores de telemarketing que exageram no “senhor, só um momento que vou estar verificando sua linha, senhor” ou quaisquer partes dessa frase; Incluem-se aqueles que oferecem aparelhos em “subZídio”;
  24. Gente que tem funk ou Beyoncé como toque de celular;
  25. Ex-namoradas. Especialmente quando você tenta manter amizade e elas criam intrigas para sua namorada atual;
  26. Inquisitores do Black Metal, que perguntam coisas do tipo “Você sabe como é o nome da última música do primeiro álbum de banda X”, porque você está com uma camiseta que referencia esse álbum.
  27. Usuários de gírias como “é nóis”, “é tudo nosso”, “aqui é só diretoria” e “tamo junto”;
  28. Cortadores de fila. Sejam indianas, mentais ou adeptas do bom senso;
  29. Peões que acabaram de sair da academia – sem tomar banho – e pegam o mesmo ônibus em que você está. E ele está lotado. E o peão está do seu lado!
  30. Pais irresponsáveis. Especialmente aqueles que deixam a criança fazer algazarra em locais públicos;
  31. Mulher que sai de casa com um bacalhau peludo no meio das pernas. No sentido figurativo;
  32. Cobradores de lotação, querendo enfiar 60 pessoas em 15 m². Também tem aqueles que anunciam que vão sair antes do ônibus. Mas claro que é depois do próximo ônibus que chegar, porque enquanto você entrava na lotação, hipnotizado pela oferta, o ônibus estava saindo;
  33. Gente que trava qualquer caminho estreito e altamente movimentado. Tipo os estudantes do cursinho que fica ao lado do metrô S. Joaquim;
  34. Pessoas que “pessoalizam” o  Twitter em excesso, com clichês do dia-a-dia. Não, não estou afim de saber que você está afoito para ver a novela, o que comeu no almoço ou que achou “muito uó” ter pisado num cocô de cachorro na porta de casa;
  35. Começou a tocar violão pra pegar menininha? Aqui, 2012 filtra você!
  36. Já usou topetinho pra pegar menininha? Não deveria ter passado de 2003!
  37. Forwarders de qualquer tipo de corrente, e-mail de putaria ou curiosidade inútil – Tive 4 gigas só disso no GMail;
  38. #mimimi doers;
  39. Oi, tudo bem? / Contact is offline / Porra, isso machuca.
  40. A Talita. (by @5reais)
  41. Quem já tentou empurrar a escolha de um estilo de vida, religião, time de futebol ou opção sexual para outra pessoa;
  42. Você que acha legal Counter-Strike, Orkut e MSN, mal sabe usar um computador e só por isso decidiu fazer um curso na área de TI. Obrigado por usar sua ausência de capacidade analítica e abstracional para forçar o mercado de trabalho a diminuir o salário de quem realmente sabe.
  43. Você que trabalha com TI e escuta Ozzy Osbourne ou bate o pé o expediente inteiro, fodendo com a concentração do colega desenvolvedor;

Ainda falta muita coisa, vou atualizando aos poucos! Tem alguma sugestão? RT @PvreHaavok. Publicarei no The 2012 Filter – Parte 2, com o maior prazer.

A Nokia é esperta!

O post de hoje é Nokiamaníaco e fruto de um insight de alguns minutos atrás.

Vou falar sobre a esperteza da Nokia ao desenhar o conector P2 de 4 pinos dos celulares que tem TV-Out. Esse é conector não muito diferente do plug do fone de ouvido que você deve utilizar diariamente, mas tem 4 terminais. Tanto o de 3 pinos como o de 4 pinos funcionam quando plugados, por exemplo, em um N97. Mas só com o de 4 pinos o TV-Out vai funcionar.

Esse plug de 4 pinos é muito difícil de achar em lojas de eletrônicos. O preço do cabo de TV-Out “oficial” gira em torno de 30 reais. Isso se ele não vier com o aparelho, como aconteceu quando eu adquiri meu 5800.

A sacada gênio-maquiavélica da Nokia é a seguinte: ela projetou o TV-Out de uma forma que utilize o pino 3 para a condução do sinal de Component Video, a saída de vídeo comum. Agora, observe a pinagem do plug de 3 pinos:

Nesse plug, o espaço que seria dos pinos 3 e 4 no P2 de 4 pinos, é utilizado por um só pino, o 3, que é ligado ao “terra” do celular. Isso quer dizer que na impossibilidade de adquirir um cabo de 30 reais e tendo a idéia de apelar pro homemade ou do-it-yourself com um plug de 3 pinos, você corre o risco de danificar a saída de vídeo do seu celular, porque fazendo isso, você curto-circuita o vídeo com o terra.

Uma alternativa DIY – quando não se encontra um conector desses de modo avulso – é destruir o controle remoto do fone de ouvido e reaproveitar o cabo para ligar alguns conectores RCA. Mas pensando bem, pra que eu queria vídeo mesmo?

Ah sim, ver pornografia em fullscreen;

Categorias:Mobilidade Tags:, ,
%d blogueiros gostam disto: