About

Mendel Gusmão (since 1987), prazer!

Prazer aliás, que é só meu. Egoísta? E se eu disser que o prazer é só seu? Arrogante? Subestima e vingança por combustão espontânea em algum momento da nossa vida em comum. Sem dogmas, sem rótulos, sem predefinições limitadoras e hipócritas. Somente a expressão mais íntima e individual dos meus desejos. O tipo de cara que volta pra casa refletindo os próprios erros e não os dos outros. Aquele que de tanto querer que os outros fizessem questão dele, hoje faz questão de que ninguém faça questão dele. E primar pela estética de mauzão ainda é um sagrado e válido hype, morô? Dissidência moral. É isso.

“Um orador limitado a um idioma morto”.

  1. Carlos Luizetto
    25/12/2012 às 20:17

    Um Otimo Natal e um prospero Ano Novo, cheio de alegrias, muita saude, prosperidade e otimos texto.
    Abraços,
    Luizetto

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: